Brasil empata em 1 a 1 com os Estados Unidos no último amistoso antes da Copa América

Em duelo amistoso nessa quarta-feira (12) no Camping World Stadium, na Flórida (EUA), a Seleção Brasileira empatou com a norte-americana em 1 a 1. O gol brasileiro foi marcado por Rodrygo. Esse foi o último jogo preparatório da equipe sob o comando de Dorival Júnior para a Copa América: a estreia da Canarinho na competição será contra a Costa Rica, no dia 24, em Los Angeles. Paraguai e Colômbia completam o grupo.

Diferente da vitória contra o México, o treinador Dorival Júnior escalou a equipe com força máxima já para o início do confronto. Em campo estavam Lucas Paqueta, Raphinha, Vinícius Júnior e Rodrygo, que tinham sido poupados no último sábado (8).


O jogo

A partida começou bastante movimentada, com as duas equipes chegando com perigo no ataque. As primeiras chances foram dos norte-americanos, que acertaram o travessão em chute de Musah e obrigaram Alisson a fazer boa defesa após jogada de Pulisic.

Depois dos sustos no começo, o Brasil passou a dominar o jogo e assustar Matt Turner. Na primeira bola, Rodrygo chutou colocado, mas o arqueiro pegou. Na segunda, a mesma coisa após chute de Vinícius Júnior. A terceira, porém, não deu para o camisa 1. Raphinha fez boa jogada e achou Rodrygo, que bateu forte sem chances para o goleiro norte-americano.

Após o gol, o Brasil ainda teve boas chances de ampliar o placar com Raphinha e Rodrygo, mas o segundo gol não saiu. E quem aproveitou foi Pulisic, que empatou o jogo cobrando falta rasteira no lado de Alisson.


Com o empate dos norte-americanos, a reta final do primeiro tempo foi mais cadenciada e sem novas chances de gol para as duas equipes.

O Brasil voltou para o segundo tempo com mais intensidade no ataque, incomodando os americanos. O time de Dorival júnior criou boas chances nos primeiros 15 minutos, mas não conseguiu tirar o empate do placar.

E a estrela de Endrick quase volta a brilhar no primeiro lance. Colocado na vaga de Bruno Guimarães, o camisa 9 saiu livre pela ponta direita e parou em defesa de Turner. Após isso, os norte-americanos conseguiram o primeiro ataque na etapa complementar e Alisson foi obrigado a fazer uma grande defesa.

Apesar da pressão do Brasil, o time dos Estados Unidos passou a levar perigo em contra-ataques em velocidade. Os norte-americanos viram Alisson fazer boas defesas e chutes passarem raspando a trave.

Nos últimos minutos, o Brasil voltou a pressionar em busca do segundo gol, mas sem grandes efeitos.


Ficha técnica

– Estados Unidos: Turner; Scally (Moore), Chris Richards, Ream e Antonee Robinson; McKennie, Musah (Adams) e Reyna (Johnny); Weah (Aaronson), Pepi (Balogun) e Pulisic. Técnico: Gregg Berhalter.

– Brasil: Alisson; Danilo, Marquinhos, Beraldo e Wendell; Bruno Guimarães (Andreas Pereira), João Gomes (Douglas Luiz) e Lucas Paquetá (Endrick); Raphinha (Savinho), Rodrygo (Gabriel Martinelli) e Vinícius Júnior. Técnico: Dorival Júnior.

– Arbitragem: Said Martinez (Honduras- Fifa). Assistentes: Walter Lopes e Christin Ramirez (ambos de Honduras-Fifa). VAR: Oscar Romo (México-Fifa).

Todos os Direitos Reservados Rádio Cachoeira
Desenvolvido por Rafael Bordignon
Hospedado por Three Tecnologia

Logo Cachoeira

Compartilhe

×