Calçadista encerra atividades e demite 31 funcionários

A empresa Manu Calçados, localizada na rua Honório Porto, no local conhecido como prédio dos Menezes, no Rincão Comprido, está de portas fechadas. Na última segunda-feira (22), a direção da empresa comunicou ao Sindicato dos Trabalhadores do Vestuário e Calçado do Vale do Rio Pardo o encerramento das atividades, que culminou na demissão de 31 funcionários.

Na manhã de terça (23) a direção do sindicato esteve reunida com os funcionários da calçadista e acompanhados da advogada Lia Jost, a entidade buscou informações sobre o encerramento dos contratos de trabalho com orientações aos trabalhadores quanto aos seus direitos trabalhistas. O sindicato irá negociar e acompanhar as rescisões dos 31 colaboradores junto à tomadora de serviços, a Calçados Beira Rio.

Crise econômica nacional pode ter influenciado o fechamento

A reportagem do procurou o secretário de Indústria e Comércio, Flávio Karnopp, que está de férias, mas aceitou falar sobre o assunto. Segundo ele, a empresa era um dos ateliês que prestava serviço para a Calçados Beira Rio. O secretário acredita que o fechamento da empresa está relacionado com a crise econômica nacional. “A maioria dos ateliês do município trabalha para a Beira Rio, e se a fábrica não tem venda, os ateliês não recebem o serviço para a produção de calçados”, explica.

O secretário também lembra que o comércio em geral, vem sofrendo queda nas vendas. “A crise está aí e não dá para esconder. O poder de compra do salário mínimo, apesar dele ter subido, está bem mais baixo, sendo uma questão econômica nacional”, disse o secretário, que até então não havia sido informado sobre o fechamento do ateliê calçadista.

Funcionários da empresa receberam orientações sobre as rescisões contratuais – Crédito: Divulgação / Sintravestuário

Todos os Direitos Reservados Rádio Cachoeira
Desenvolvido por Rafael Bordignon
Hospedado por Three Tecnologia

Logo Cachoeira

Compartilhe

×