Capeamento asfáltico nas ruas Conde de Porto Alegre e Moron começa em 1º de julho

Começa no próximo dia 1º de julho a obra de capeamento asfáltico nas ruas Conde de Porto Alegre e Moron, sob a responsabilidade da empresa Ditrevi Engenharia, vencedora da Concorrência Eletrônica 01/2024. A prefeita Angela Schuh já assinou a ordem de serviço para início do trabalho e a empresa comunicou que nesta semana fará a primeira vistoria ao local antes de iniciar o trabalho.


Ditrevi Engenharia, de Santa Cruz do Sul, venceu o processo com um lance de R$ 3.279.384,42. O pagamento será através de financiamento junto ao Badesul e o prazo de execução da obra será de 5 meses. O recapeamento acontecerá na Rua Moron no trecho que vai da frente da Pradozen até a rua Conde de Porto Alegre. O trecho da Rua Conde vai da Rua Moron até a Ponte do Amorim, totalizando uma extensão de 1,750 km e 17.663,50 metros quadrados.


O trabalho prevê a limpeza geral das ruas, conserto de caixas coletoras de água, substituição de canos em alguns trechos, lombadas e faixas de pedestres, sinalização horizontal e vertical. No trecho licitado será feito a correção dos pontos necessários, imprimação, pintura de ligação e camada de reperfilamento para, por fim, ser colocada a camada de asfalto propriamente dita.


RUA CONDE – A previsão, de acordo com o cronograma inicial, é que o trabalho comece pela Rua Conde de Porto Alegre, junto a Ponte do Amorim, com a obra de drenagem pluvial, terraplanagem e reforço do subleito em alguns trechos e ainda a limpeza do local. Sempre que for necessária, a interrupção do trânsito será comunicada pela empresa, de acordo com o cronograma da obra.


Um esforço que deu certo


Iniciar a obra chamada popularmente de “Caminhos da Pradozen” é tirar do papel uma das intervenções mais esperadas dos últimos tempos. O processo iniciou em 2021 e agora começará de fato.


A prefeita Angela Schuh destaca que desde que assumiu, em setembro de 2023, está atenta a todas as obras importantes para desenvolvimento do Município, mas que por algum motivo, estavam paradas. “Todas as secretarias trabalham em sintonia para que possamos chegar a um momento tão importante como esse, que é anunciar o início de uma obra de fato. Fazer tramitar projetos parados ou emendas impositivas que aguardavam o processo licitatório, se tornou um dos meus pedidos mais constantes. Em breve devemos dar a ordem de serviço para obra da Feira Livre, por exemplo, que é mais uma que estava parada desde 2021. Para nossa equipe, isso é motivo de grande orgulho. Queremos manter este ritmo de trabalho”, frisou a prefeita.








Patricia Miranda

Todos os Direitos Reservados Rádio Cachoeira
Desenvolvido por Rafael Bordignon
Hospedado por Three Tecnologia

Logo Cachoeira

Compartilhe

×