Governo gaúcho anuncia construção de moradias para pessoas atingidas pela enchente em Venâncio Aires

Em visita ao Vale do Rio Pardo nesta terça-feira (11), o governador Eduardo Leite anunciou, em Venâncio Aires, a construção de 72 casas para pessoas atingidas pela cheia de maio no município. O anúncio foi feito durante vistoria do terreno que receberá as moradias do programa A Casa É Sua – Calamidade.

Inicialmente, o governador gaúcho havia anunciado 40 casas no local, mas decidiu ampliar o número, já que o espaço, onde ficava o antigo Instituto Penal Mariante, é suficiente para receber mais unidades.

“A prefeitura já está encaminhando a contratação do serviço de demolição do que restou do instituto, além de parte da infraestrutura necessária, em um investimento muito importante do município. O governo do Estado fará a sua parte para que tenhamos casas confortáveis e adequadas para essa população, em especial da Vila Mariante, que muito sofreu com a enchente”, afirmou o governador.


A ação integra o Plano Rio Grande, programa de reconstrução, adaptação e resiliência climática do Estado que visa planejar, coordenar e executar ações para enfrentar as consequências sociais, econômicas e ambientais da enchente histórica.

Após a vistoria do terreno, Leite e os secretários de Habitação e Regularização Fundiária, Carlos Gomes, da Educação, Raquel Teixeira, de Logística e Transportes, Juvir Costella, e da Reconstrução Gaúcha, Pedro Capeluppi, foram até a Escola Estadual Adelina Isabela Konzen. A instituição está recebendo estudantes da Escola Mariante, que foi atingida pela enchente. O governador falou à comunidade escolar sobre a intenção do governo de realizar a reforma do ginásio esportivo.

A visita a Venâncio Aires terminou na Vila Mariante, onde Leite circulou pelas ruas afetadas pela cheia do Rio Taquari e conversou com moradores e comerciantes.







O Sul

Todos os Direitos Reservados Rádio Cachoeira
Desenvolvido por Rafael Bordignon
Hospedado por Three Tecnologia

Logo Cachoeira

Compartilhe

×