Grêmio perde para o Botafogo e entra na zona de rebaixamento 

O alerta está ligado no Grêmio. Na noite deste domingo (16), em Cariacica-ES, o Tricolor perdeu por 2 a 1 para o Botafogo. Resultado que deixa a equipe gaúcha na zona de rebaixamento, ao final da nona rodada do Brasileirão. Foi terceira derrota consecutiva na competição desde a retomada após a paralisação pela enchente no Rio Grande do Sul.

Uma sequência de trocas foi promovida por Renato. Dos 11 titulares escalados, só Dodi, Pavon, Cristaldo e JP Galvão começaram a última partida. Caíque foi o escolhido como goleiro titular, com a defesa formada por Fabio, Geromel, Gustavo Martins e Mayk. Carballo e Gustavo Nunes completaram a escalação.


Mesmo como mandante, o Grêmio tinha minoria nas arquibancadas. Os botafoguenses tomaram conta de mais da metade dos espaços disponíveis no Estádio Kleber Andrade, pelo acordo feito entre as direções de levar a partida para Cariacica no primeiro turno e para Brasília no returno do Brasileirão.

Sentindo como se estivesse em casa, o Botafogo começou o jogo mais perigoso. Logo aos 6 minutos de jogo, teve uma boa oportunidade. Damian Suárez recebeu na área e chutou por cima do gol defendido por Caíque. Mas foi pelo outro lado, e de um velho conhecido da torcida do Grêmio, que a equipe carioca abriu o placar. Cuiabano aproveitou desatenção entre Pavon e Fabio, invadiu a área e bateu cruzado para marcar o gol com apenas 9 minutos.

O gol, no entanto, fez o Botafogo recuar. E o Grêmio começou a aproveitar melhor os espaços. Aos 16, em dois momentos, chegou perto de empatar. Primeiro, Cristaldo recebeu bola na marca do pênalti, mas chutou em Gregore. Na sequência do lance, o camisa 10 cruzou de bicicleta e JP Galvão cabeceou por cima do gol.

A resposta do Grêmio saiu do pé direito de outro menino formado em Eldorado do Sul. Dodi recuperou a bola no campo de defesa, foi derrubado e o árbitro deu vantagem. Pavon fez o cruzamento, Lucas Halter desviou e Gustavo Nunes finalizou para empatar a partida aos 20 minutos.

O empate tirou um pouco da agressividade das duas equipes. O jogo ficou mais entre as duas intermediárias, mas com leve vantagem para o Grêmio no embate.

O segundo tempo começou com o mesmo ritmo depois dos gols. Mas uma falha de Geromel custou caro para o Grêmio aos 11. O zagueiro tentou antecipar um passe de Luiz Henrique para Júnior Santos, foi batido e o atacante mandou para o gol sem marcação. Como foi na primeira etapa, o gol despertou o Tricolor. Após cobrança de escanteio, Gustavo Martins finalizou e Júnior Santos salvou em cima da linha.

Uma combinação entre Pavon e Fabio rendeu outra boa oportunidade. O cruzamento do lateral encontrou Cristaldo, mas John fez grande defesa. Caíque precisou trabalhar em chute de fora da área de Marlon Freitas.

Renato resolveu mudar o Grêmio. Colocou Galdino como centroavante no lugar de JP Galvão e Nathan Fernandes na vaga de Pavon. Por mais força, o técnico também trocou seus dois volantes. Edenilson e Du Queiroz entraram para as saídas de Dodi e Carballo. No fim, Nathan ainda ingressou para Cristaldo descansar no fim do jogo.

Um chute de fora da área, aos 41 minutos, foi o que de melhor o Grêmio produziu em busca do empate. Du Queiroz forçou boa defesa de John na finalização.

Ainda sem vencer desde o recomeço do Brasileirão, o Grêmio terá uma semana importante. Nesta quarta-feira, no Ceará, enfrentará o Fortaleza. E o clássico Gre-Nal, em Curitiba, para encerrar os próximos dias de decisões.



Brasileirão — 9ª rodada — 16/6/2024


Grêmio (1)
Caíque; Fabio, Geromel, Gustavo Martins e Mayk; Dodi (Du Queiroz, 33’/2ºT), Carballo (Edenilson, 33’/2ºT), Pavon (Everton Galdino, 24’/2ºT), Cristaldo (Nathan, 38’/2ºT) e Gustavo Nunes; JP Galvão (Nathan Fernandes, 24’/2ºT). Técnico: Renato Portaluppi.


Botafogo (2)
John; Damián Suárez, Lucas Halter, Bastos e Cuiabano; Gregore (Yarlen, INT), Marlon Freitas, Tchê Tchê (Eduardo, 28’/2ºT); Luiz Henrique (Danilo Barbosa, 16’/2ºT), Oscar Romero (Diego Hernández, 16’/2ºT) e Júnior Santos. Técnico: Arthur Jorge. 


GOLS: Cuiabano (B), aos 9min, e Gustavo Nunes (G), aos 20min, do 1º tempo; Júnior Santos (B), aos 11min, do 2º tempo
CARTÕES AMARELOS: 
Gustavo Nunes, Carballo e Galdino (G); Gregore e Damián Suárez (B)
ARBITRAGEM: Paulo César Zanovelli, auxiliado por Felipe Oliveira e Fernanda Antunes (trio de MG). VAR: Wagner Reway (ES)







gzh

Todos os Direitos Reservados Rádio Cachoeira
Desenvolvido por Rafael Bordignon
Hospedado por Three Tecnologia

Logo Cachoeira

Compartilhe

×