Vereador Antonio Maciel questiona as condições precárias do prédio da US1 que fica ao lado da prefeitura

Na sessão da Câmara de Vereadores realizada ontem, 24 de junho, o vereador Antonio Maciel levantou sérias preocupações sobre as condições estruturais e de segurança do prédio onde funciona a Unidade de Saúde 1 (US1), localizado na Rua Conde de Porto Alegre. Em sua fala, Maciel questionou o Executivo Municipal sobre a adequação e a segurança do imóvel alugado pelo município, trazendo à tona problemas graves que comprometem a qualidade do atendimento prestado à população e a segurança dos servidores.


Problemas Estruturais e Notificação ao Proprietário


O vereador Antonio destacou que o imóvel apresenta infiltrações significativas nas paredes dos consultórios e de outras salas, além de problemas no telhado. Ele questionou se a Secretaria Municipal de Saúde notificou o proprietário do prédio para que fossem realizados os devidos consertos. Segundo o parlamentar, as infiltrações e a presença de mofo nas paredes comprometem seriamente o ambiente de atendimento e representam um risco à saúde dos usuários e funcionários.


“É inaceitável que uma unidade de saúde opere em condições tão precárias. O mofo nas paredes é um sinal claro de que a situação é insalubre. Se a Vigilância Sanitária realizasse uma inspeção rigorosa, o prédio da US1 certamente seria interditado,” afirmou Maciel, destacando a urgência de uma intervenção.


Alagamentos na Parte Inferior


Outro ponto crítico levantado pelo vereador foi o alagamento das salas inferiores do prédio durante fortes chuvas. Essas salas, que incluem a cozinha e a sala de intervalo dos servidores, frequentemente enfrentam inundações, causando transtornos significativos.


Maciel questionou se o proprietário do prédio foi notificado para realizar obras que pudessem drenar a água da chuva e evitar os alagamentos. Ele também indagou se há uma previsão para a execução dessas obras, salientando a necessidade de uma solução urgente para evitar a continuidade dos problemas.


Questões de Acessibilidade e Segurança


O parlamentar também abordou questões de acessibilidade e segurança do imóvel. Ele ressaltou que um prédio do tamanho da US1, que atende um grande número de pessoas diariamente, possui apenas uma porta de acesso, o que pode representar um risco em situações de emergência.


Maciel questionou se o prédio possui o Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndios (PPCI) e solicitou uma cópia do documento, caso exista. “A segurança dos usuários e dos funcionários deve ser uma prioridade. A presença de apenas uma porta de acesso é preocupante e pode colocar todos em risco em caso de uma emergência,” alertou o vereador.


Ação Imediata Requerida


Diante das preocupações levantadas, Antonio Maciel pediu ao Executivo Municipal uma ação imediata para resolver os problemas estruturais e de segurança do prédio da US1. Ele enfatizou que a saúde e a segurança dos cidadãos e dos servidores municipais não podem ser negligenciadas.


“Esperamos que o Executivo tome medidas rápidas e eficazes para garantir que a US1 possa operar em um ambiente seguro e adequado. É fundamental que o município assegure que todos os prédios que abriguem serviços públicos estejam em condições apropriadas,” concluiu o vereador.


Confira as imagens da situação do prédio

Todos os Direitos Reservados Rádio Cachoeira
Desenvolvido por Rafael Bordignon
Hospedado por Three Tecnologia

Logo Cachoeira

Compartilhe

×